Coração Selvagem - Lindsay McKenna


Dakota, 1825

Um encontro mágico...
Um homem para não se esquecer!


Serena Rogan tinha saído da Irlanda em busca de um novo sonho na América. Mas como lavadeira num campo de mineração, ela só encontrou escravidão e sofrimento. Até que, arriscando a vida para salvar um grupo de mulheres sioux, ela entrou em um mundo cheio de amor, respeito e de ...Lobo Negro.

Curandeiro lakota, Lobo Negro sonhava com o dia em que Serena, a mulher de cabelos vermelhos, deixasse de temê-lo. Estava determinado a provar-lhe que um homem podia ser tanto amigo quanto amante!


Um bom livro com tema indígena, Serena Rogan vem para a América achando que iria trabalhar como lavadeira, chegando aqui, torna-se escrava sexual da Blackjack, durante meses é estuprada inúmeras vezes.

Um dia, depois de ser muito machucada, é largada para morrer na mata. Ao acordar e ver que não morreu, é testemunha de um ataque de mineradores a um grupo de mulheres indígenas, como ela, as índias estavam sendo estupradas. Nesse momento toda sua raiva e seu ódio afloram e ela luta com os homens salvando as mulheres, porém é gravemente ferida na luta, assim é levada a tribo como uma heroína e cuidada pelo curandeiro da tribo Lobo Negro.

O ponto alto do livro é todo o processo de cura das feridas emocionais causadas pela violência sexual, Serena odeia todos os homens e Lobo trava uma batalha, primeiro para conseguir ser aceito como amigo e depois por seu amor.

Lobo Negro é um heroi romântico que segue o estilo de Geoffrey de Burgh, de Deborah Simmons, do livro O Anel de Noivado. Gentil, paciente ao extremo e amoroso. Embora a temática pareça ser pesada à primeira vista, com a história de violência sexual, o romance é bem delicado, Lobo Negro é um doce. Um bom livro. Indico a leitura para leitoras que gostam de heróis nesse estilo.

Abaixo a capa em Inglês.

Photobucket


Cotação:
Photobucket
Photobucket

4 comentários:

  1. Como o Geofrey é meu de Burgh preferido... consequentemente eu AMO o Lobo Negro... :))

    ResponderExcluir
  2. Carol, é isso aí, achei que eles têm o mesmo style. :D

    ResponderExcluir
  3. amo este livro ele é lindo emocionante incrível incrível! amo de paixão.

    ResponderExcluir
  4. Verdade!Tão querido como o Geoffrey, que aliás, é um dos meus prediletos. Adoro O Anel de Noivado e gostei bastante deste qui.
    Como sempre, ótima resenha.
    :)

    ResponderExcluir

Apoio

Seguidores