No limiar do desejo - Eve Berlin

erótico

Erótico
BDSM


No limiar do desejo, de Eve Berlin, é um exemplar do gênero que está em voga atualmente: o erótico voltado para a mulher. Um texto que tem como objetivo principal despertar sensações sexuais no seu leitor, através de um desfile de cenas bem explícitas, descritas de tal forma e colocadas em tal contexto, que agradam ao gosto feminino.

Eu curto o estilo, mas não esperem complexidade na trama, não há essa preocupação e nem cabe aqui. A história é curta e de leitura rápida com suas 224 páginas, os conflitos surgem e são resolvidos através do sexo. Ele centraliza o enredo, ele abre as portas para o amor e passa a mensagem de que a entrega é libertadora para o casal.

Vale a pena comentar que mesmo sendo classificado na sua capa como continuação do livro Luxúria, e ele realmente é o segundo volume da série Edge, as histórias são independentes, cada texto fala de um casal diferente e o leitor não se sentirá perdido se ler algum volume fora de ordem. O fator que parece ligar os livros é o BDSM light. Pleasure Dome, o clube ligado a essa prática, é uma presença constante.

Texto:

Nunca uma mulher tinha causado esse efeito nele, não que pudesse recordar. (...)

Ele ficou meio incomodado, mas não o bastante para dar meia-volta e ir embora. Dante somente conseguia pensar no corpo dela nu deitado sob o dele. Melhor ainda se ela o deixasse fazer as coisas que mais adorava. Bater nela. Levá-la ao orgasmo com aquela excruciante mistura de prazer e dor. No entanto, como tocar no assunto com ela? Era muito mais fácil com as mulheres que conhecia no Pleasure Dome. Lá, todo mundo sabia o que esperar. Ninguém frequentava o maior e mais refinado clube de BDSM da cidade sem nem ao menos ter uma ideia do que rolava lá dentro. Sem ter os mesmos tipos de desejo.

Mas no fim das contas, ele estava tão atraído por ela que a queria independentemente do sexo radical. Agora, isso não era tão importante quanto costumava ser. Tanto quanto deveria.

O que aquilo significava?
Página 20.

Dante De Matteo é o protagonista da história. Ele apareceu em Luxúria, como melhor amigo de Alec, o mocinho do volume anterior. Dante é um dominador conhecido no Pleasure Dome. Belo, gentil, muito carinhoso e um perfeito cavalheiro. Contraditório? Não quando você se situa na história e percebe o que está em questão nessa prática do jogo do poder. Entretanto, ele tem um passado que o faz evitar relacionamentos mais estáveis, que confunde responsabilidade com controle.

Kara Crawford é a mocinha. Recentemente foi rejeitada pelo seu namorado ao revelar um desejo secreto, ela tem fantasias sexuais nas quais apanha e sente prazer. Kara, assim como Dante, também não quer saber de relacionamentos mais duradouros, para ela já basta essa última decepção.

E é nesse contexto que eles se encontram. Atração forte e instantânea. Sexo inflamável. Há muitas cenas sexuais, muitas mesmo. Como comentei no início da postagem, o sexo norteia a trama, através dele o amor surge. A sexualidade também coloca em xeque as barreiras psicológicas dos personagens, e se eles quiserem continuar com a relação, terão que trabalhar suas questões pessoais, que travam o seu amadurecimento.

Gostei das cenas sexuais no seu geral, elas são a parte mais relevante do texto, porém eu tenho certo problema com o prazer gerado pela dor. Embora as cenas de espancamento sejam leves em comparação com outras obras do gênero, Dante usa só a mão, eu não consigo entender, me identificar com a situação. E nesses trechos, o objetivo de despertar a libido do leitor não funcionou comigo.

Foi uma leitura interessante, no estilo de Luxúria. Se você gostou do anterior e curte o pornô soft como eu, vale a pena dar uma olhadinha carinhosa no livro. No entanto, se você já enjoou da literatura erótica e não aguenta mais ver cenas explícitas em série, talvez essa obra não seja a mais adequada para você.

Sinopse:

Kara Crawford é uma advogada que sabe como guardar um segredo, ainda mais depois de ter sido desprezada por um ex-namorado ao lhe ter revelado suas fantasias sexuais. Ela não esperava encontrar alguém que pudesse realizar seus desejos mais íntimos e extremos, até vivenciar uma das noites mais incríveis de sua vida ao lado de um homem que há muito admirava.

O sexualmente dominante Dante de Matteo conhecia Kara dos tempos do colégio e jamais havia imaginado que as fantasias mais sombrias de uma mulher pudessem ser tão compatíveis com as suas. Mas nenhum dos dois acreditava que aquela paixão pudesse passar de uma noite. Quando Dante é contratado pelo escritório onde Kara trabalha, os dois são confrontados diariamente com as faíscas daquela química explosiva e não sabem como lidar com isso.

À medida que o desejo intenso os aproxima, temores bem profundos ameaçam separá-los e eles precisam aprender a abraçar da mesma maneira o medo e o prazer do amor. Vão conseguir?

No Limiar do Desejo é o segundo livro de uma trilogia que teve como início Luxúria, um romance que alcançou grande sucesso internacional, incluindo no Brasil. Se você leu Luxúria, não vai querer perder No Limiar do Desejo. Se você não leu, vai querer ler agora.


Abaixo a capa em inglês.



Cotação:
 photo 3estrelas-1.gif
Photobucket
Gostou? 
Clique no botão G +1 na barra abaixo.

12 comentários:

  1. Estou lendo, esse é meu primeiro erótico nesse estilo (fora Bella Andre). Sinceramente já enjoei de tanto sexo, kkk
    Vou terminar a leitura para ver se consigo me acostumar, mas ta bem 'mais do mesmo".

    ResponderExcluir
  2. Estou gostando da série, não é das melhores mas é bom, gosto do gênero e não me canso de ler, as cenas são bem gostosas e nada fortes, é bem light na verdade.
    Espero ansiosa pelo terceiro volume ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi, gente!

    Olha, já enchi dessa onda. Cheguei a conclusão de que gosto mesmo é de um bom romance, mais bem construído, com personagens mais complexos, trama consistente, intrigas, sexo, emoção...

    Já tinha lido Luxúria e não tinha gostado. Confesso que até pulei umas páginas. O casal não me cativou, achei frio (não no sentido sexual, mas da relação entre os dois), tudo se desenrolou rápido demais, parecia pacote pré fabricado...

    Só li esse porque algumas meninas recomendaram. Confesso que achei melhor do que o Luxúria, talvez porque tenha sentido alguma "humanidade" na relação deles, por causa da história de terem se conhecido na escola, ter uma paixão recolhida desde aquela época e realizada no momento atual.

    Mas, como você mesma disse, tudo se resolve com sexo, o final foi corrido e acaba ficando tudo mais do mesmo...

    Já resolvi que só vou esperar o último volume da série Crossfire e não leio mais nada dessa turma(achei a série a melhor do gênero e quero saber se ela vai bancar o que deixou a entender no final do segundo livro... Se bancar, vai ganhar o meu respeito!).

    Quero mais é que publiquem Judith MacNaught, Nicole Jordan, Loretta Chase, Emma Wildes!!!!!! Isso sim vale a pena!!!!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juro que passo todas as páginas do livro quando elas começam e descrever infinitamente uma transa... nossa cansa pois parece só existir isso, nada de construir uma boa trama com personagens acreditáveis e que eu consiga ter pelo menos simpatia por eles... Como vc disse gosto mesmo é de um romance redondinho e que tenha algo a apresentar que não só sexo!

      Excluir
    2. Oi Andrea!

      Realmente as editoras quando disparam num gênero, simplesmente nos aterram com uma avalanche de mesmas coisas...rs.

      Eu gostei muito do Dante, e a Kara tb não me irritou como dizer que a tal da Ana de 50 tons faz...

      Então, eu definitivamente ainda estou no lucro.

      bjos
      Mara

      Excluir
  4. Estou curiosa para ler o livro, mais como uma leitura descompromissada mesmo, sem grandes expectativas literárias.
    Monique Martins
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ana.

    Não sei se lerei este livro, porque ando me cansando de livros desse gênero que focam mais no erotismo do que no enredo em si. Até no último livro da Bella Andre que li, mesmo gostando do enredo, senti que está ficando meio repetitivo e mais do mesmo.

    Vou dar um tempinho, mas tenho curiosidade de ler sem altas expectativas.

    Saudades de você. Espero que tenha chegado bem de viagem.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Acho legal quando não precisamos seguir a ordem dos livros, mas mesmo com histórias independentes, sempre que posso leio na ordem correta.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Oi Tonks!

    Acabei de ler "No Limiar do Desejo" e ainda não li "Luxúria", é meu primeiro do gênero, por isso talvez tenha aprovado e me apaixonado pelo Dante.

    Esse gênero me assusta um pouco e comecei a leitura bem temerosa, felizmente como você enfatizou é um livro ligth.

    De qualquer forma valeu ao menos para satisfazer a curiosidade.

    Bjos
    Mara

    ResponderExcluir
  8. Mara, amiguinha!!!!

    Sem dúvida, a Kara é uma mulher madura e não aquele arremedo de adulto da Ana... Nada de Deusa Interior, consciências de óculos, lábios mordidos... Aff...

    Essa história é boa, curtinha, mas boa. Luxúria já não gostei... Mas não se pode acertar todas, né????

    Bjks, adorei você aqui! kkkkk

    ResponderExcluir
  9. Nana Serejo,

    Não aguento mais essas editoras brazucas... Só publicam o que a gente não quer ler... Repito, abaixo, o recadinho às editoras que fiz lá no blog da Mara -Lady D'Arques prá ver se eles entendem ou querem que a gente desenhe:

    "Aviso às editoras: vocês começaram a editar qualquer coisa que tivesse conotação erótica sem se preocupar com a qualidade. Portanto, estamos cansadas dessa onda, ficou tudo sem sentido.

    Logo, sugiro adotarem uma boa prática de gestão: primar pela qualidade, não pela quantidade e diversificar. A gente não gosta de ler uma temática só, não!

    Tem muita autora boa que estamos rezando ajoelhadas no milho para editarem e ficam editando coisas grotescas tipo "Falsa Submissão", "Bem Profundo" e outras porcarias. Esses eu quero mais é que encalhem...

    Parem prá pensar: se a gente importa livros de Portugal, gasta uma grana de frete e de acordo com o pessoal da blogosfera, somos um dos maiores compradores da Wook, ao ponto da livraria fazer um dia de frete grátis prá cá, se não valesse a pena e a gente não comprasse, eles jamais fariam isso, pois o custo é grande!!!

    Portanto, não saiam publicando a esmo para depois não vender... Entrem nos blogs, façam pesquisas e vocês encontrarão o que a gente quer. Assim, vocês faturam e a gente fica satisfeito!!!!!"

    É isso. Momento revolta ativado. Deveríamos lançar uma campanha "QUERO ROMANCE DE VERDADE"!!!! kkkkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Gosto de ler livros desse genero, mas esse em especial me decepcionou quanto a história, achei muito fraca. As cenas de sexo descritas no livro são ótimas !! Eve Berlin escreve cenas de sexo como ninguem, muito hot !!! Mas faltou enredo no livro, queria acabar logo para começar a ler um outro livro mais interessante.

    ResponderExcluir

Apoio

Seguidores