Desejo à Meia-Noite - Lisa Kleypas




Histórico

Desejo à Meia-Noite é o primeiro volume de Os Hathaways, de Lisa Kleypas. A série é um spin-off de outra chamada Wallflowers (As Encalhadas), não publicada no Brasil e muito popular. Em As Encalhadas, há um livro considerado por muitos como o seu melhor trabalho, Devil in the Winter, e é lá que Kleypas tira o fôlego para essa nova saga ambientada na mesma época, na mesma região e na qual encontramos coadjuvantes que foram os protagonistas dos quatro volumes de Wallflowers. Uma delícia para quem já conhece, um aperitivo para os que não.

Com a palavra a autora:

Eu tive o momento mais maravilhoso ao escrever a série Wallflower, e deixe-me dizer, tem sido difícil deixá-los ir. Então, eu não o fiz.

Eu queria continuar escrevendo livros em que as Wallflowers fariam aparições, para que pudéssemos acompanhar o que estava acontecendo em seu mundo. Mas, em vez de trazer primos Wallflowers, novos melhores amigos das Wallflowers, irmãos há muito perdidos das Wallflowers, etc, eu decidi surgir com uma série spin-off.
Tradução livre.
Trecho de um texto muito legal de Kleypas.
O original está no site da Eloisa James e vale a pena dar uma olhadinha.


Mas Tonks, dá para ler Os Hathaways sem ler As Encalhadas? Claro que sim, embora eu ache que a leitura prévia da série anterior torne a experiência mais rica. Exemplificando: nossa mocinha, Amelia Hathaway, fica muito preocupada com o convite para visitar a propriedade do conde de Westcliff, velho conhecido de quem leu a saga anterior. Os Hathaways são peculiares, Amelia teme que eles não se encaixem com a nobreza e fica especialmente preocupada com a reação de Lady Westcliff, que deve ser a austeridade em pessoa. Bem, se você começou a rir neste exato momento é por que conhece as Wallflowers. Se não, tudo será esclarecido depois, porém a informação de alguns parágrafos não faz jus a outra, obtida num livro inteiro de confusões e que se chama It Happened One Autumn (você pode ler a resenha dele aqui).

Como disse antes, e segundo a própria autora, a inspiração da nova série tem um nome e é Cam Rohan. Ele foi coadjuvante em Devil in Winter, mas é o protagonista aqui. Meio cigano, meio irlandês, Cam é um homem entre dois mundos. Cabelos negros, pele morena, olhos cor de âmbar e aparência exótica. Passional, impiedoso, que acredita em magia e destino, porém com uma mente matemática boa para os negócios.

É através dele e de Merripen, um cigano ligado à família Hathaway e mocinho do próximo volume, que conhecemos esse mundo de tradições e regras sociais tão diferentes. Ambos são protetores, possessivos, ciumentos, e há uma constante luta pessoal com o intuito de controlar seus instintos e não subjugar as moças que despertam seus interesses românticos. Eles se encaixam em certo estilo de herói meio polêmico, mas que eu adoro. Eles possuem características que vemos em alguns sobrenaturais, em que os homens são mais dominadores e adoram sussurrar a palavra minha. O que lá é justificado como uma característica da raça sobrenatural, aqui... seria uma característica sociocultural do seu povo.

Os Hathaways formam uma família sui generis. Órfãos de origem plebeia, são quatro irmãs e um irmão. Este último herdou um título de nobreza recentemente, de um parente distante, e eles têm tudo para não serem aceitos na sociedade tradicional inglesa. Leo, o visconde, está numa missão: se destruir. Depois de uma perda, mergulhou na bebida e nos vícios, não é capaz mais de gerenciar a família, que ficou a cargo de Amelia, a mais velha. Ela é independente, mais pragmática e não tem ambições de se casar. As outras irmãs são Wyn, com uma saúde muito frágil, Poppy e Beatrix, uma cleptomaníaca. E não podemos nos esquecer de Merripen, um cigano que fica no meio termo entre um irmão postiço e um "faz-tudo".

Os caminhos de Amelia e Cam se cruzam, quando nossa heroína esbarra no salão de jogos de St. Vincent, personagem emblemático de Wallflowers e que desfila seu jeito deliciosamente canalha de ser aqui. Ela estava à procura de seu irmão em mais uma noite de farras e a atração por Cam é instantânea, embora proibida.

O destino volta a atuar depois em Hampshire, pois os Hathaways, junto com o título, herdam a propriedade vizinha a de Lorde Westcliff. Bem, conhecendo as relações de amizade entre os personagens de As Encalhadas não é de se estranhar, que a partir de agora, Cam e Amelia corram o risco de se encontrarem muitas vezes e que o amor finalmente desperte forte o suficiente para que passem sobre todos os obstáculos.

Eu gostei muito da leitura e acho que posso dividi-la em duas partes. Na inicial, há uma apresentação dos personagens, da essência do que é ser um cigano, e da característica comum entre os Hathaways e esse povo: o fato de não se encaixarem na sociedade. Há também a mistura com os personagens da série anterior. Todos têm seu nome citado, porém Lorde e Lady Westcliff, St. Vincent e sua esposa possuem uma atuação mais importante. O romance corre de uma forma mais lenta, mas não deixa de ser interessante.

No entanto, por volta da página 147, quando Cam decide que Amelia será "sua", começa uma narrativa mais rápida, carregada de passionalidade. É arrebatador e um prato cheio para os leitores que curtem algo mais selvagem. Há cenas bem sensuais e que, embora não sejam explícitas como as vistas nas publicações eróticas recentes, merecem o selo Hot Aprovado.

Na contracapa, encontram-se imagens das capas dos dois próximos títulos da série. Eles são cinco ao todo:
  • 1. Mine Till Midnight (2007) - Desejo à Meia-Noite - Livro de Amelia.
  • 2. Seduce Me At Sunrise (2008) - Sedução ao Amanhecer - Livro de Wyn e Merripen.
  • 3. Tempt Me at Twilight (2009) - Tentação ao Pôr do Sol - Livro de Poppy.
  • 4. Married By Morning (2010) - Manhã de Núpcias - Livro de Leo (em breve).
  • 5. Love In The Afternoon (2010) - ainda sem título divulgado - Livro de Beatrix.
Há também uma história curtinha, que cronologicamente viria entre o segundo e o terceiro volumes, chamada A Hathaway Wedding.

Sinopse:

Após sofrer uma decepção amorosa, Amelia Hathaway perdeu as esperanças de se casar. Desde a morte dos pais, ela se dedica exclusivamente a cuidar dos quatro irmãos – uma tarefa nada fácil, sobretudo porque Leo, o mais velho, anda desperdiçando dinheiro com mulheres, jogos e bebida.

Certa noite, quando sai em busca de Leo pelos redutos boêmios de Londres, Amelia conhece Cam Rohan. Meio cigano, meio irlandês, Rohan é um homem difícil de se definir e, embora tenha ficado muito rico, nunca se acostumou com a vida na sociedade londrina.

Apesar de não conseguirem esconder a imediata atração que sentem, Rohan e Amelia ficam aliviados com a perspectiva de nunca mais se encontrarem. Mas parece que o destino já traçou outros planos.

Quando se muda com a família para a propriedade recém-herdada em Hampshire, Amelia acredita que esse pode ser o início de uma vida melhor para os Hathaways. Mas não faz ideia de quantas dificuldades estão a sua espera.

E a maior delas é o reencontro com o sedutor Rohan, que parece determinado a ajudá-la a resolver seus problemas. Agora a independente Amelia se verá dividida entre o orgulho e seus sentimentos.

Será que Rohan, um cigano que preza sua liberdade acima de tudo, estará disposto a abrir mão de suas raízes e se curvar à maior instituição de todos os tempos: o casamento?


Abaixo uma das capas em inglês. Há outra igual a nacional.



Cotação:
Photobucket
Photobucket
Gostou? 
Clique no botão G +1 na barra abaixo.

18 comentários:

  1. Minha lista de compras está ficando tão grande que estou até com medo...

    ResponderExcluir
  2. Eu já comprei!!!!! Agora vou aguardar, pois a minha lista de livros para ler está ENORME KKKK.
    Depois eu conto.
    Bjs,

    ResponderExcluir
  3. Que vergonha para mim, só fui começar a ler Lisa Kleypas agora, e esse foi meu primeiro livro. Amei a história e ainda não li a série que deu origem a esta, mas tenho os 4 livros e já dei um jeito de lê-los (em outras palavras, passei na frente na fila).
    Já li o segundo desta série, o da Win e Merripen, e digo que é melhor que o primeiro! AMEI demais. Não dá nem pra comentar senão a gente estraga o mistério! rsrs
    Mas quero ler muito a série toda e pelo que já vi de comentários dos fãs da autora e da série, o 4o. livro é o queridinho como o 3o. da série Wallflowers!

    ResponderExcluir
  4. Mais um hot, ou melhor, mais uma serie para entrar na fila que só cresce!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Ainda não tenho!!! Que maravilha ver uma resenha de romance histórico publicado no Brasil. Eu daria 5 estrelas à Editora, por ter abraçado nossa causa. Não vai se arrepender. Quero esse e os outros que a Arqueiro está lançando hoje.

    ResponderExcluir
  6. Oiie, nossa estou muito ansiosa para ler esse livro, a capa ficou muito linda !!
    Espero logo receber !
    Beijos
    Raíssa Lis
    Flor de Lis - http://florderaissalis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Tonks,
    Eu achei esse livro bem abaixo das minhas expectativas, um dos mais fracos da Lisa Kleypas. O cigano Cam é apresentado no livro The Devil in Winter, o terceiro volume a ser lançado da série À flor da pele em Portugal, e prometia muito. O início é arrastado, e quando o romance acontece, a mocinha é cheia de fricote. Além disso, a história tem pontas resolvidas de uma forma sem noção, principalmente na reta final quando é esclarecido finalmente o "mistério" lançado no livro. Enfim, dessa série, o melhor é o quinto volume, a historia da Beatrix, irmã da mocinha, na minha opinião. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Desde que eu li Um estranhos nos meus braços com o seu Hunter, a Lisa Kleypas entrou na minha mira. Gostei muito do estilo e da escrita dela, com certeza esse eu vou comprar!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. ui!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! também queroooooooooooooooooooooooookkkkkkkkkkkkk beijocas Lexis

    ResponderExcluir
  10. Adoro romances de época, principalmente os que têm ciganos e sheiks. Tenho uma queda por histórias assim desde Barbara Cartland, e gostei muito que a Arqueiro tenha lançado essas séries.

    ResponderExcluir
  11. ADOREI O LIVRO!!!!!! Passei o domingo lendo-o e acabei rapidinho kkkk. Agora é esperar o próximo, pois estou louca pela estória de Wyn e Merripen. Quando sai o próximo volume? Bjs e boa leitura a todos.

    ResponderExcluir
  12. Já li todos os livros da série Wallflowers, e simplesmente me encantam! Personalidades conflitantes e intrigantes, cheia de sensualidade e paixão abrasadora.
    Estou ansiosa para ler esta nova série, mais do que uma história paralela pelo que li da resenha.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Tonks, você sabe se a editora Arqueiro irá publicar a série Wallflowers (As Encalhadas)? Abraços

    ResponderExcluir
  14. Oi, Ana!

    Varei a madrugada de ontem para hoje lendo esse livro. Já estava com ele em casa há algumas semanas, mas passei os da Laura Lee Gurkhe na frente. Concordo plenamente com o que você falou na nossa conversa e reproduziu na sua excelente resenha: a Série Wallflowers tinha que ser publicada antes!

    Reconheci os personagens e até voltei nos livros para relembrar (efeito Dolly, você sabe...). Mas tudo bem, temos que dar Graças a Deus que estão publicando. Tirando uma falhinha ou outra de tipografia (palavras faltando algumas letras), este é um livro publicado como se deve e que honra a história maravilhosa que contém: formato livraria, com uma capa linda e de muito bom gosto, tudo a ver com a história.

    Ainda bem que fui fazer preregrinação à Saraiva e já tinha comprado o segundo. Amei esse livro, mas estou empolgadíssima com a história do Merripen e da Win. Oh, céus, outra noite sem dormir! kkkkkk

    Será que vão publicar os outros da série logo? Não vou me aguentar de ansiedade!!!!! Como diz a Beta, OREMOS!!!! :)

    Beijos e parabéns!

    ResponderExcluir
  15. Queria o do Leo. Sabem quando sai por aqui?

    ResponderExcluir
  16. Achei este site quando procurava por alguma coisa sobre Lisa Kleypas, Brasil. Adorei o blog. Estou lendo Desejo á meia-noite, e estou amando, não consigo me separar dele, estou quase acabando e já estou sofrendo a dor de me separar dos personagens. Estou louca para ver os outros livros da série.
    Virei fã do blog, parabéns.

    ResponderExcluir
  17. Li esse final de semana, e absolutamente adorei!!!

    Já tinha lido a serie Wallflowers (ou as Encalhadas em Português), e confesso que acho realmente o terceiro livro (O Diabo do Inverno), o melhor. Todos os personagens nesse livro me encantaram, e Cam, ah, Cam foi um coadjuvante com cara de mocinho desde o inicio.

    Que bom que a Lisa Kleypas resolveu escrever contanto a história desse homem maravilhoso. E confesso, achei a família Hathaways maravilhosa.

    Estou doida para ler o segundo livro. Que venha merripen e Win. Super recomendo a leitura!!!

    ResponderExcluir
  18. Já li os dois, Desejo à meia noite e Sedução ao Amanhecer, Adorei, estou louca para ler o 3º, a historia da Popy. Aguardo as proximas Historias do Léo e da Beatrix

    ResponderExcluir

Apoio

Seguidores