Ousadia - Tawny Weber


Hot
Banca
Contemporâneo

Ousadia é um romance da série À Flor da Pele, novo formato da editora Harlequin Brasil que promete livrinhos com uma pegada mais sensual sem esquecer, é claro, do romance. A narrativa de Tawny Weber toca de uma forma leve e despretensiosa justamente nisso, ao colocar em cantos opostos do mesmo ringue um escritor de thrillers eróticos, que escreve cenas luxuriantes, mas sem a presença do amor, e uma crítica literária, que curte romances no estilo que encontramos aqui no blog.

Surge uma aposta meio louca, para provar quem tinha razão no seu ponto de vista pessoal, se o leitor comum quer o envolvimento emocional ou não no sexo. Essa aposta é feita em duas frentes: uma literária propriamente dita e outra bem pessoal, se é que vocês estão me entendendo...

Parece ser bem legal, não? E realmente o texto tem umas colocações bem interessantes sobre sexo puro e simples versus um sexo com intimidade e emoções, assim como também tem algumas cenas bem quentes, três para ser mais exata.

No entanto, para o meu gosto pessoal, Tawny Weber poderia ter se inspirado mais no seu herói Nick Angel e ter colocado mais cenas luxuriantes em detrimento de alguns questionamentos pessoais da nossa heroína. Questões essas um pouco nebulosas, que misturavam insegurança e falta de determinação com a necessidade de uma transformação física, daquelas que alguns reality shows oferecem com corte de cabelo, aulas de maquiagem, roupas novas, etc.

Ficou um pouco confuso? Essa é uma trama que corre paralelamente à aposta, esse makeover dá certa segurança à protagonista e é o pontapé inicial para uma mudança de comportamento dela, assim como uma tentativa de ganhar um cargo que ela almeja. No entanto, ela meio que esconde esse seu lado de Nick, o que mais tarde trará alguns problemas.

Bem, curti a leitura, mas é um três estrelas. Bom, está na média, mas faltou uma pegada maior para ganhar mais estrelinhas. Faltou deixar Nick Angel pegar a caneta e roubar um pouquinho o livro. Vejam só se não tenho razão...

Texto:

- E se eu prometesse que, se você destrancar a porta, o sexo seria tão bom que faria você esquecer todo esse mito sobre o amor?

Delaney engoliu em seco, mas não recuou. Não quando todas as suas crenças estavam em jogo.

- Eu posso esquecer momentaneamente. O sexo bom causa isso. - Pelo menos ela imaginava que causava. Pessoalmente, nunca tinha feito sexo bom o suficiente para esquecer o jeito como se sentira quando lera O amante de lady Chatterley pela primeira vez, muito menos esquecer algo tão importante quanto seus sentimentos. - Mas não é disso que estou falando. Estou dizendo que a verdadeira intimidade é mais do que "pá, pá, pá, obrigado, moça".

- E eu estou dizendo que se o "pá, pá, pá" é feito do jeito certo, a moça é quem vai agradecer.
Página 50


Sinopse:

Um desafio que nenhum dos dois pode recusar.

Depois que a crítica literária Delaney Conner ganha um concurso cujo prêmio é uma repaginada no visual, ela começa a atrair muita atenção! Especialmente de Nick Angel, um escritor rebelde e supersexy, cujo último livro Delaney devorou. Sua principal crítica ao romance? Falta de emoção nas cenas de sexo. Onde está a paixão? O sentimento? Mas quando os dois acabam na cama, ela descobre mais sensações do que poderia imaginar… Nick a acha muito, muito atraente. Contudo, ele sabe, por experiência, que é apenas uma questão de pele. Então Nick desafia a sedutora crítica: ou ela prova sua hipótese de que o amor torna o sexo inesquecível, ou admite a teoria dele, de que a melhor transa é puramente física. Não importa quem será o vencedor. O tempo que passarão...

Abaixo a capa em inglês.


Cotação:
Photobucket
Photobucket
Gostou? 
Clique no botão curtir na barra abaixo.

4 comentários:

  1. Tonks, a leitura me agradou, no entanto a transformação da protagonista foi assim, um tanto surreal, dentre outras coisinhas assim, irreais. O mocinho é uma gostosura, as cenas sensuais funcionam, mas o clima é de repetição, não há grandes novidades. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ah, sem falar que eu também prefiro cenas calientes no estilo do Nick rsrsrs

    ResponderExcluir
  3. Oi Tonks,
    Gostei bastante desse livro, acho que foi um dos que mais me agradou nessa série da Harlequin.
    Nick é uma delícia e a mocinha até que achei simpática apesar das neuras de ficar sempre linda perto dele.
    Beijos.
    Katielle

    ResponderExcluir

Apoio

Seguidores